segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Além do ateísmo


Me perguntaram no Facebook porque eu não postava mais sobre ateísmo. 

Bem, há vários motivos. Um deles é que de certa forma já falei tudo que eu tinha para falar sobre isso. Continuar com isso seria andar em círculos a essas alturas. É como se chegássemos a uma rótula e, em vez de escolher um caminho para continuar, ficássemos andando em volta da rótula eternamente (essa comparação foi feita pelo Eli Vieira, e achei bem pertinente).

Em abril de 2010 postei um texto - Ateísmo é só uma negação?   - onde eu tento explicar como eu passei a enxergar além do ateismo.


Tem também um texto que saiu no Bule Voador - "Sou ateu!" Tudo bem, mas e daí? - que mostra de forma bem clara que ser ateu/ateia em si mesmo não é uma qualidade nem defeito, apenas uma característica. E até pode ser qualificado com um tipo de crença, de acordo com Gregory Gaboardi em sua série Por quê o ateísmo é uma crença  em sete partes.

Enfim, para mim o humanismo se tornou mais importante há bastante tempo (até por isso deixei de lado a 'ateia de bom humor' e passei a me denominar 'Uma Ateia Humanista')

**************************


Um comentário:

  1. Está certo! Temos outros assuntos também para tratar. A vida não é uma coisa só. E realmente é bem pertinente o que o Eli falou.

    Beijos!

    ResponderExcluir