quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Roberto Cavalcanti acusa: Ateus são "gente abominável"

 ****************************************

No dia 9 de junho de 2009 aquele blogueiro fez a seguinte postagem:
Começa assim:


 "Ultimamente nosso Brasil vive de respirar más notícias. Os anos de chumbo não foram aqueles da época da ditadura. Os anos de chumbo são esses de agora: anos de completa inversão dos valores, anos governados não por gente bem intencionada, mas por bandidos disfarçados. Nessa nova era, governada por estes bandidos, nossas liberdades cada vez mais se definham, ameaçadas pela pressão política de grupos de gente abominável, como ativistas ateus e homossexuais. Ambos têm em comum a bandeira política do egoísmo, seja demandando pseudo-direitos à guisa de suas práticas sexuais ou de sua descrença religiosa."


Como podem ver, a aparente intenção dele sempre foi a de atingir o movimento ateista como um todo, acreditando que atingindo a minha pessoa ele conseguiria o seu intento.

MAS, houve uma circunstância que mostra que isso não é totalmente verdade, que existe na realidade uma antipatia pessoal dele por mim, e que tem origem em circunstâncias das mais fúteis. Essa necessidade de me atingir de forma pessoal diz muito a respeito da personalidade daquele blogueiro. Muito antes de eu fazer parte da UNA ele já havia me acusado em uma comunidade do Orkut por causa da reportagem na Veja. Na época eu respondi, esclarecendo a questão na dita comunidade da mesma forma que fiz há algum tempo aqui no meu blog.

O que fez esse blogueiro tão "ético"? Ignorou solenemente o meu esclarecimento e disse que só o levaria em consideração se eu processasse a revista por ter publicado a informação errônea (sic!). Só que a reportagem foi em 2002 e já haviam se passado pelo menos cinco ou seis anos desde então. E ele conseguiu transformar uma declaração inócua em uma tentativa deliberada de enganar, de "ludibriar", como se não houvesse muita gente que está nessa mesma situação (embora não fosse o meu caso, como já expliquei) justamente devido ao preconceito da sociedade. Nas próprias palavras dele:

"Querem, sob a bandeira do ateísmo, granjear poder político para que a população católica e cristã tenha subtraídos os seus direitos de manifestarem seu repúdio ao ateísmo e, com isso, tolher qualquer ação proselitista. Querem cadeiras nas casas legislativas do país para impor leis ímpias sobre a população cristã, não obstante o descontentamento da população, que já declarou em massa não votar em políticos ateus, ou seja, depois da ditadura gay que se avizinha, ainda vem por aí a ditadura ateísta."

Ele se contradiz, na verdade. Quem, nas circunstâncias que ele descreve, não se fingiria de religioso por uma questão de sobrevivência? Frisando mais uma vez que não foi isso que eu fiz!

O interesse desse blogueiro não é nem nunca foi a verdade. O interesse dele é usar qualquer informação de forma distorcida para atingir os seus objetivos, que é tentar atingir TODOS os ateus.

Observem nessa postagem:
"Como se observa na parte em destaque, Asa Heuser e seu marido enganaram todo mundo. Enganaram a si mesmos, enganaram a comunidade luterana e enganaram seus filhos. Enganaram a si mesmos pois eram ateus e simularam-se luteranos simplesmente para não perderem clientela! Enganaram a comunidade luterana simulando uma fé que não nutriam. E enganaram seus próprios filhos batizando-os na fé luterana, única atitude louvável, aliás, pois um dia seus filhos podem cair em si e, com o batismo, ser salvos da loucura do ateísmo. Esta, enfim, é a ética ateísta: enganar todo mundo a qualquer custo, e Asa Heuser não perdeu essa oportunidade."

Na postagem abaixo ele aproveita a noticia de uma pesquisa e divulga o seu veneno mais uma vez:

http://roberto-cavalcanti.blogspot.com/2011/12/religiosos-nao-confiam-em-ateus-afirma.html#links
"(*) Como confiar em ateus, se, por exemplo, essas pessoas emprestam apoio incondicional a líderes envolvidos até o pescoço com pedófilos, como é o caso de Asa Heuser, que encontrou solidariedade entre ateus, não obstante o envolvimento com Haroldo Galves, que acabou preso e condenado por pedofilia? Como confiar em ateus, se a mesma Asa Heuser, líder de movimento ateu, afirmou ter ludibriado a igreja luterana simplesmente para que seu marido não perdesse clientela? Como confiar em ateus, se uma fração desproporcional de pessoas "sem-religião", entre as quais os ateus se inserem, está na cadeia? É tarefa assaz custosa confiar em ateus. Motivos não faltam..."

Em dezembro de 2011 fiz um comentário em uma comunidade de Orkut. Imediatamente ele printou e fez outra postagem em seu blog.

http://roberto-cavalcanti.blogspot.com/2011/12/ativista-ateista-volta-defender.html#links

 "Que moral tem o movimento ateu para criticar Bento XVI se seus líderes exibem-se em público defendendo criminosos?"
Ignorando, é claro, o fato de que eu não defendi alguém que considerasse um criminoso, defendi alguém por achar que é inocente. (Sim, sei que ele foi condenado por possuir material proibido no seu computador, mas já esclareci tudo isso em postagens anteriores).
Enfim, ele me monitora 24/7.
Que fixação! 

***********************************

Ateus e grupos LGBT do Brasil, vão deixar que ele continue?

**********************************

12 comentários:

  1. A atéia de "bom humor" parece de muito mau humor... Se segura que vai estourar "rojão" para o teu lado. Não é uma ameaça, mas um fato já concreto. É só uma questão de semanas.

    ResponderExcluir
  2. Porque vc nao esta com um processo na Justica contra ele ?

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Guilherme Corbelle31 de janeiro de 2012 02:38

    Não se preocupe querida, se ele é uma pessoa tão temente a deus, e se deus é tão bom quanto dizem que é, ele tá ferrado, no céu ele nao entra, deus nao deve permitir pessoas tão babacas lá hahahahaha
    mantenha-se na sua fé, sei como é ser ateu em um mundo cada vez mais cristão reacionario. Depois quem quer uma ditadura somos nós gays, me poupe.....

    ResponderExcluir