domingo, 3 de julho de 2011

Mentir, pode? [Myrian Rios, ainda]

A resposta que as pessoas geralmente dão é "não", claro.

Mas é mesmo tão claro?

Várias coisas me chamaram a atenção no discurso da deputada; uma delas foi fazê-la de tal maneira que pareceu um discurso evangélico. No entanto, ela é católica. Quem não sabe teria pensado nisso?
Não foi uma mentira direta, mas foi uma forma de manipulação. O discurso foi bem ao estilo e gosto da bancada evangélica.

Agora, o expediente de associar homossexualidade à pedofilia é um argumento recorrente no discurso homofóbico, e é uma mentira deslavada!

A origem dessa mentira são algumas pesquisas fraudulentas e totalmente distorcidas de um tal de Paul Cameron. Mantenho um outro blog especificamente para expor essa fraude - Paul Cameron Refutado - onde traduzi textos de um excelente blog de Jason Kuznicki - Positive Liberty.

Agora já devem estar se perguntando "mas e o mandamento que diz para não mentir"? Pois é, aí temos a questão da "seleção de grupo", que é uma característica humana mas que as religiões exacerbam ao máximo.

Temos naturalmente uma idéia de grupos, tipo "nós" e "eles", desde pequenos, mas as religiões tendem a reforçar esse conceito e justificar a exclusão cada vez maior dos "outros", em vez de ensinar as crianças a ser mais inclusivas e tolerantes.

O "não mentir" só se aplica dentro do grupo; os de fora não merecem o mesmo respeito. Pelo contrário, muitas vezes as pessoas se sentem justificadas ao mentir para os "de fora", porque racionalizam que estão agindo assim em nome de um "bem maior". O que temos, no entanto, é apenas o velho e batido (e falacioso) "o fim justifica os meios". [*]

Então, pode mentir, pode manipular. Desde que seja em favor do próprio grupo.

Os "outros"? Que se danem!

**********************************************

[*] É uma falácia porque são os meios que determinam como será o fim. Se os meios são uma mentira, o fim também se tornará uma mentira.

**********************************************

6 comentários:

  1. "Se deus é por NÓS, quem será contra?"
    E Da-lhes mentira.

    ResponderExcluir
  2. Povo inocente esse brasileiro, como conseguem eleger uma anta dessas. Myrian Rios vai ler alguma revista, sai dessa bíblia que não vai ter levar a lugar nenhum.

    Vejam esse pastor aqui, detonando os homossexuais no twitter: @Aquilino_Avanzo

    ResponderExcluir
  3. Falo livremente e com prazer: Pertencer a qualquer religiao organizada ou nao e viver em uma mentira. Esse mandamento e sua propria antitese.

    Beijos

    Roy

    ResponderExcluir
  4. myrian rios? aquela que ha poucos anos gostava de mostrar o rabo em programas tipo domingo legal? heheheh

    ResponderExcluir
  5. Myrian Rios é adepta da renovação carismática, ala católica que se comporta tal como os evangélicos.

    ResponderExcluir