terça-feira, 16 de novembro de 2010

Somos TODOS descendentes de negros!

 *******************************

Desde aquele episódio das ameaças de neo-babacas-nazistas ao senador Paulo Paim que venho pensando em escrever algo a respeito dessa grandessíssima babaquice que é essa suposta "pureza" racial. Sim, existem etnias, e existem algumas características que diferem as etnias umas das outras, mas é importante não esquecer que isso aconteceu como adaptação aos diversos ambientes onde os agrupamentos humanos viviam, isolados uns dos outros por muito tempo.

Na origem de tudo, descendemos de um pequeno agrupamento de homens primitivos, de pele negra, que migraram da África para os continentes da Ásia e Europa. A pele branca é uma característica de povos que vivem em ambientes onde o sol é mais fraco, porque a pele clara possibilita sintetizar a vitamina D (se não me engano) com menos claridade; pessoas de pele escura precisam de mais sol para sintetizar a mesma quantidade.

E basicamente essa é única função da pele clara.  É apenas uma adaptação evolutiva.

Não vejo absolutamente motivo nenhum para me orgulhar de ter pele clara e olhos azuis (cinzentos, na verdade). Não tive nenhuma participação nisso, foi um simples acidente de nascimento.

E os neo-babacas também não se dão conta de que a essas alturas do campeonato, não existe praticamente ninguém de "raça pura". Se fosse fazer um mapeamento genético, pouquíssimos dos próprios integrantes dessa neo-babaquice passariam no teste.


E é isso que eu tenho a dizer sobre esse assunto.


***********************************

8 comentários:

  1. Muito bom, Åsa!
    O problema dessa gente, quase sempre, é falta de conhecimento e de leitura! Isso é comportamento de gente alienada que não se informa nem estuda sobre nada...
    Texto pequeno mas bem objetivo. Gostei.

    (:

    ResponderExcluir
  2. Jéssica, obrigada! :)
    Vale a pena ler também essa outra postagem, mais longa:http://saladamedica.wordpress.com/2009/08/06/qual-e-a-sua-raca/

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Boa, Åsa. Desde o 2º ano do Médio estudei a respeito e depois aprofundei com estudos de genética: é tremenda estupidez se pensar em termos de "pureza racial", sobretudo num país miscigenado como o nosso. A primeira providência de Hitler com nossos neonazis tupiniquins (e qualquer um outro latino-americano) seria uma passagem de ida para Auschwitz, Dachau ou num trem com gás letal, sem sombra de dúvida.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, Asa e muito prazer Passei por aqui e gostei dos temas e da sua abordagem.
    Acho você certa quando diz não ter motivo para se orgulhar de algo no qual não teve participação, como a cor de sua pele e de seus olhos.
    Como disse o Thiago aí em cima, essas etnias definidas por fatores geográficos, sofreram uma forte miscigenação em nosso país (de várias maneiras). Portanto, esses tolos (neo-babacas
    foi ótima!) deveriam saber que Hitler, como todo racista, renegava e perseguia a mestiçagem, acima de tudo!

    ResponderExcluir
  5. "Não tive nenhuma participação nisso, foi um simples acidente de nascimento."
    Na verdade, é uma característica evolutiva, que está no seu gene, que foi passado pra vc, de seu pai, e de sua mãe, e/ou de seu vô e sua vó, e por aí vai.. Assim como Europeus tem ""tendencia"" a ser mais baixos, para preservar o calor do corpo, tendo em vista que moram numa região fria. São adaptações evolutivas, como vc disse.

    ResponderExcluir
  6. @ vitória - Eu sei que é evolutivo, e que está nos meus genes, isso não ficou claro no meu texto?
    Permanece o fato de que eu não tive nenhuma participação pessoal nisso.
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Não me orgulho tb de ter pele branca e olhos claros.

    ResponderExcluir