sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O futuro de uma ilusão - por David Coimbra

Na Zero Hora de hoje, 15 de outubro de 2010

*********************************

O futuro de uma ilusão

Lá pelo fim dos anos 20 do século 20, Freud concebeu um livro genial, dentre tantos de seus livros geniais: O Futuro de uma Ilusão, um estudo sobre como a religião é subproduto da Civilização.

Freud discorre acerca do desamparo do ser humano diante das forças da Natureza. Como o homem, tornado adulto, descobre que será sempre uma criança à mercê dos poderes estranhos que o cercam e o ameaçam: um milheiro de doenças, intempéries de verão e inverno, acidentes surpreendentes. Desesperado em busca de proteção, sabedor de que essa proteção não virá da sociedade que o cerca, o homem se volta para aquela figura plena de força que, durante a sua infância, ele ao mesmo tempo temia e ansiava para que o salvasse de todo o mal: o pai. Indefeso em meio aos perigos do mundo, o homem precisa crer na existência de alguma entidade que o defenda e o oriente, e volta e meia o puna, como fazia seu pai. Espelhado no que o pai lhe representava quando criança, o homem cria o seu deus: onipotente, amoroso, porém duro.

O texto de Freud demonstra que, quando a Civilização é ineficaz para proteger o homem com suas ferramentas tradicionais, a ciência, a tecnologia, as leis, o homem apela para a religião.

A premissa contrária é verdadeira. Quando os instrumentos da Civilização funcionam, a religião perde prestígio. Em países onde a Civilização atingiu os níveis mais avançados, como a Alemanha e a Inglaterra, grande parte da população flutua com serenidade no ateísmo, no agnosticismo ou na singela indiferença ao transcendental. Ingleses e alemães estão cada vez mais distantes dos deuses. Porque não precisam deles.

Agora mesmo, chamou-me a atenção que foi ela, a Civilização, a festejada no resgate dos mineiros soterrados no deserto de Atacama. Assim que um resgatado brotava da terra e saía da cápsula, ele e os outros que o esperavam na superfície, o que eles faziam? Eles não se ajoelhavam e rezavam, com talvez uma única exceção. Eles não erguiam as mãos para o Céu protetor. Não. A maioria deles gritava:

– Chi-chi-chi! Lê-lê-lê!

Chile. Gritavam o nome do país. Quer dizer: celebravam o Estado que teve interesse em salvá-los e, tendo interesse, investiu nisso, financiou o que há de mais sofisticado em ciência e tecnologia, e criou condições para o resgate bem-sucedido. Ciência e tecnologia. Recursos da Civilização.

Os chilenos, ao entoar o nome de seu país, estavam louvando a Civilização.

Ao mesmo tempo, aqui, no Brasil, transcorre o segundo turno das eleições presidenciais, e a democracia também é um instrumento requintado da Civilização. Mas qual é o maior debate deste segundo turno? O que se cobra dos candidatos a presidente do Brasil e do que eles falam dia após dia?

Do aborto.

De religião.

Essa é a civilização brasileira. Esse é o futuro de uma ilusão.

DAVID COIMBRA

**********************************

5 comentários:

  1. Muito bom! Uma breve resenha sobre o livro fantástico que deve ser este do Freud.
    Ainda não o li, mas este já me foi recomendado e está entre minhas próximas leituras.

    E logo após uma belíssima explanação sobre o quanto atrasado é acreditar em deus. E o quanto atrasado está a sociedade brasileira.

    Não #oremos e sim #acordemos!

    ResponderExcluir
  2. É, amigo David Coimbra, assuntos como aborto, pedofilia, homossexualismo, liberdade de crença, etc...são absolutamente irrelevantes dentro desta sociedade dita intelectual do século 21.
    Hoje, mais de 50 milhões de brasileiros professam fé nos ensinos do Senhor Jesus. São os ditos 'crentes'. Paralelo a estes, podemos citar os 'católicos' em seus quase 100 milhões de adeptos. Todos, sem distinção...ACÉFALOS!!
    David, entre linhas no seu texto, você chama de ignorante quem ainda hoje professa uma fé. Dentre estes, médicos, Doutores, Advogados, Magistrados...Todos, fazendo parte do mesmo padrão.
    O Jornal o qual você trabalha e posta seus comentários, é lido por um sem-numero de homens, mulheres e jovens, muitos deles professando a dita fé a qual você ridiculariza.
    Você faz parte de uma minoria que acredita ser fruto do "acaso". Você é parte daqueles, cuja opinião eu não zombo, que o mais aceitável é crer que, cuja origem, está no processo evolutivo.
    Amigo, Independente da sua opinião e da minha, Deus existe. E virá o dia em que eu e você estaremos diante dEle. Toda a minha e sua sabedoria, neste momento, de que valerá??
    Eu e você vemos as coisas como que pelo espelho; Mas virá o tempo em que veremos todas elas tal qual elas são.
    Um abraço, amigo

    ...Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.
    Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.
    Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?
    Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação.
    Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria;
    Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos.
    Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.
    Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.
    Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
    Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
    E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;
    Para que nenhuma carne se glorie perante ele.
    Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;
    Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor
    1 Cor 1,18.31

    ResponderExcluir
  3. Prazado amigo David...

    Fico estremamente surpreso com o texto escrito acima por motivos diversos que gostaria de citar a seguir:

    - gostaria de lembrar da enorme confusão que seria colocar em uma sala fechada pessoas de etnias diferentes (judeus, cristãos, muçulmanos, Hindus, etc...) e mesmo com tantas diferenças, algumas até passivas de guerra, todos concordam na existe de uma força divina. Outro ponto que deve se ter relevancia é que a prática de adoração a entidades ou divindades ja eram comuns na mais antiga das civilizações que se tem noticia. Quando os desbravadores chegaram nas chamadas colonias (India, Africa e América) encontraram povos que já praticavam tais cultos aos deuses, isso seria uma coincidencia ou uma paranoia coletiva?

    - Hoje em dia é comum pessoas que são expremidas por seus problemas sejam financeiros, familiares ou até mesmo de saúde procurarem alguma coisa em que acreditar até como forma de ultima esperança para seu martire, mas na antiguadade impérios dominadores como romano, assirio, grego entre outros, mesmo diante de tamanho poder terrestre que possuiam não deixavam de exaltar os seus Deuses por suas vitorias ou glorias.
    - Gostaria de lembrar de paises que segundo o seu racionio seriam "adiantados" uma vez que não acreditam em DEUS, como Filandia, Holanda, Dinamarca... praticas como prostituição, aborto, drogas são legais perante a Lei de cada Pais, e nestes mesmos paises os números de pedolifia estrupos e crimes contra as mulheres sao alarmantes, lhe pergunto: isso também seria um avanço diante o seu conceito?
    - para terminar vale lembrar que assunto polemicos como casamento entre pessoas do mesmo sexo e aborto tem um parecer desfavoravel até pela chamada ciencia de homens evoluidos e inteligentes.
    Com certeza esse é um para longa discussão, e uma discussão que se arrasta pela historia da humanidade, sem que nenhum dos lados tenha convencido o outro.
    Por isso deixo aqui meu abraço e que DEUS te abençoe!!!

    ResponderExcluir
  4. Papai noel ira trazer brinquedos para min hohoh, acredito neles... meu deus é Zeus!

    ResponderExcluir
  5. O David Coimbra tem ótimos textos, eu tenho guardado alguns deles.

    ResponderExcluir