segunda-feira, 19 de julho de 2010

O medo de ser [no blog Homofobia Já Era]

***************
"Na semana em que a Argentina aprova o casamento gay, peço licença para relatar uma historinha banal. Moro num bairro aprazível e “tranquilo”, sonho de consumo de dez entre dez cariocas. Dos que não vivem lá, obviamente. “A grama do vizinho…”. Pois é. De um tempo para cá, por motivos que me são alheios, alguns playboys deram de gritar “veaaaaaado!!!”
quando me vêem na rua. Outro dia, derrubaram minha pasta no chão. Numa noite anterior, rolou um inesperado banho de uísque com Redbull no casaco novo… Depois disso, a calçada ficou mais longa que uma maratona. Chegar à varanda torna-se uma decisão pesada, difícil de tomar. A pasta, o cheiro do uísque com Redbull… Difícil. Como vocês podem ver, trata-se de uma história de bullying, a palavra do momento. Seria só mais uma, não fosse o caso de atingir um certo cara no auge da meia-idade. Eu.

Nunca havia passado por isso antes. E não pretendia experimentar agora. Mas aconteceu — fazer o quê? Penso em...."
***************
Leia mais no Blog.

2 comentários:

  1. Pois é, eu li o artigo na íntegra e comentei lá mesmo. Que horrível, não? Adorei quando ele falou de "bullying", pois lembrou meu Ensino Médio, quando sofri "bullying" por ser inteligente e quando outros homossexuais de minha turma também passaram pelo drama. E na adolescência a inversão de valores é pior: cultua-se o "baladeiro, pegador, bombado, bêbado e burro". Se na minha época (2003-5) era assim, agora deve estar pior.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. A dominação começou: http://aliencronicas.blogspot.com/2011/04/dominacao-dos-humanos-parte-i.html

    ResponderExcluir